POLICIA FEDERAL INVESTIGA COMPRA DE VOTOS EM GALINHOS NA ELEIÇÃO SUPLEMENTAR


Um vídeo que circula nas redes sociais e grupos de what appp, revela compra de votos durante o pleito desproporcional na eleição suplementar da cidade de Galinhos em junho de 2018.


No vídeo uma eleitora teria recebido cerca de R$ 500 reais para votar no patinho, como diz ela mesma, que é referência ao número 22, chapa encabeçada por Naldo e Ivone na campanha.

Pois bem…

Irmão Naldo que já era na época Prefeito interino e buscava sua reeleição, certamente com poder aquisitivo superior ao segundo colocado Ecinho, não mediu esforços para garantir a vitória.

Segundo informações, no mesmo dia da eleição suplementar a Polícia Federal que se encontrava no município de Galinhos, intimou a eleitora para prestar esclarecimento sobre o vídeo.

A investigação caminha a passos largos pela PF, e deve trazer surpresas no cenário político da única península do estado, trazendo muitos fatos à tona que ainda estão ocultos. Aqui pra gente… A fatura da conta tá chegando!

Fonte: Guamaré em dia

#POLITICA

3 visualizações
  • Instagram
  • Blogger ícone social
  • Snapchat ícone social
  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • YouTube Long Shadow