GUAMARÉ RECEBEU A III EXPEDIÇÃO GAMBOAS DO MUNICÍPIO COM CERCA DE 60 REMADORES

Atualizado: 5 de Jul de 2019


Texto | Fotos: Gerson Almeida

Cerca de 60 remadores vindo de diversas cidades do RN estiveram presente neste sábado (29) de junho na cidade de Guamaré para participarem da III Expedição de Gamboas do município onde passearam de SUP (Stand up Paddle).


O passeio iniciou na Praia Aratuá, e teve como destino a principal praia do município, 'O Canto do Amaro', localizado a 14km da sede do município, distancia essa indo por terra, porém pela praia o percusso resume-se em aproximadamente 6km.



Durante o trajeto os remadores puderam conhecer outros pontos turísticos de Guamaré, como: Praia da Tabaía, Queimado e Ilha das Garças.




Além dos lugares paradisíacos os mesmos puderam apreciar um atrativo exuberante como o nosso belo manguezal, caranguejos do mangue, e os animais típicos que compõem nossa natureza.






Antes de concluir o passeio e chegar ao destino, os remadores e diversos amantes do esporte aquático fizeram uma parada para fotos, e recompor as energias.



O evento foi uma iniciativa da Secretaria de Turismo na pessoa da Secretária Mauricéia Cavalcante e realizado pela Prefeitura de Guamaré, Prefeito Adriano Diógenes onde os mesmos estiveram presentes acompanhando passo a passo o percusso.




A III expedição foi organizada pela empresa 'Black Point' que deu total apoio no percusso e durante todo o evento.




O SUP (Stand up Paddle) nasceu no Havaí, mais precisamente em Waikiki, na década de 60. Há quem diga que foram os “Beach Boys de Waikiki” que criaram o esporte, quando estavam em suas pranchas compridas remando com remos de canoa, com o intuito de tirar fotos dos turistas que aprendiam a surfar.






No SUP, o praticante fica em pé (Stand Up) em uma prancha geralmente maior do que a de surf, usando um remo (Paddle) para se locomover na água. Na língua havaiana, o SUP Boarding significa Hoe He’e Nalu (Hoe=remar; He’e=surfar; Nalu=onda). No início dos anos 2000, alguns surfistas havaianos começaram a praticar o SUP para pegar ondas quando o mar não estava em boas condições.






O interessante do SUP é que ele dá uma chance também aos não surfistas, que são apaixonados por esportes aquáticos, de se aventurarem em cima de uma prancha, porém sem toda a dificuldade que envolve o surf tradicional.

Além disso, é um ótimo exercício que fortalece pernas, costas, braços e abdômen e proporciona relaxamento com vistas maravilhosas. Em geral, o SUP é praticado em águas tranquilas, seja no mar calmo, em lagoas ou rios. Porém, há quem ame surfar as ondas com o equipamento!

No Brasil, o SUP chegou há cerca de 15 anos, trazido por surfistas que viajam o mundo. Hoje, ele é praticado em todo o país, principalmente em praias do Rio, São Paulo, lagos de Brasília e até mesmo dentro de cavernas da Chapada Diamantina e dos Veadeiros.


0 visualização