A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR, HÉLIO E ADRIANO, JUNTOS OU SEPERADOS?

Em meio ao cenário ainda nebuloso e de especulações na política de Guamaré, a pergunta que não quer calar: o ex-prefeito Adriano caminhará junto com o companheiro de partido e prefeito eleito em novembro de 2020, Hélio Willamy (MDB)?

Quem afirmar que ainda não ouviu essa pergunta em Guamaré e Baixa do Meio, das calçadas das igrejas, passando pelas mesas de bar, o bate papo de esquina e nas salas de espera dos salões de beleza, pode dizer que faz pelo menos 100 dias, que não visita a cidade e anda totalmente desconectado dos amigos pelas plataformas digitais.


Na sessão da Câmara Municipal desta terça-feira, 13, as antenas do blog captaram:


“Quem conversa com Adriano não percebe qualquer motivo que leve os observadores da cena política local a tal indagação. O tom da conversa é sempre sereno e firme”, revelou uma fonte que tem trânsito livre entre os dois políticos, acrescentado que o ex-prefeito tem se preocupado em tocar a sua vida profissional e tem feito “ouvido de mercador” para os que plantam a discórdia e a fofoca.


Sem meias palavras, quando o assunto é política, Adriano tem sempre defendido uma união em torno do futuro de Guamaré e do seu povo.


Outra fonte, após deixar dois gabinetes de vereadores do governo e da oposição, reforça:


“Hélio é experiente, coleciona vitórias. Com certeza, ele aprendeu com os resultados das urnas, que a soma favorece mais qualquer projeto, do que a divisão. Como um bom artilheiro nos campos de futebol e na política, dificilmente, ele vai fugir da tática: em time que está ganhando, não se mexe”.

Parafraseando Caetano Veloso:


“Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é…” É aguardar!


Fonte: Blog Celso Amâncio

7 visualizações0 comentário