CASINHA DO PAPAI NOEL É DEPREDADA E ROUBADA EM MIRASSOL, NATAL RN

Criminosos quebram janela e levam objetos de uso do Papai Noel de estrutura montada pela prefeitura. Semsur denuncia que ocorrências de crimes contra o patrimônio público têm se tornado frequentes.

A Casinha do Papai Noel, localizada ao lado da Árvore de Mirassol, em Natal, foi alvo de vândalos no fim de semana. De acordo com a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), o espaço montado pela prefeitura como parte integrante da decoração natalina da capital potiguar foi depredado e roubado por criminosos.


Os homens quebraram a janela e roubaram objetos de uso do Papai Noel, além de mesas de canto de madeira e material de isopor. A casinha é uma das atrações da Praça da Árvore há vários anos e, apesar da pandemia do novo coronavírus, foi aberta para visitação com restrições para evitar o contágio da doença - uso de máscara e distanciamento social.

A Semsur informou ainda que os reparos serão feitos na estrutura e os itens roubados serão repostos esta semana, sem atrapalhar o funcionamento do espaço. A Casinha do Papai Noel fica aberta de quinta a domingo, das 18h às 21h - só não vai funcionar no dia 24 de dezembro. Furtos contra o patrimônio público aumentam em Natal Crimes contra o patrimônio público têm se tornado frequentes em Natal, segundo a Semsur. Cemitérios, monumentos e a rede de iluminação pública têm sido os principais alvos do vandalismo. Também no fim de semana, criminosos invadiram o Cemitério do Alecrim e danificaram a estrutura de 30 túmulos para roubar peças de bronze - como argolas, crucifixos e letreiros de identificação. A administração do cemitério registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil para investigação do caso. Inaugurado em 1856, o Cemitério do Alecrim é tombado como patrimônio histórico e cultural de Natal desde 2011. Segundo o departamento de iluminação da Semsur, nas últimas semanas foram levados mais de 4 mil metros de cabos de iluminação pública das alamedas das avenidas Maranguape e Marinho Chagas, duas importantes vias da zona Norte de Natal. Os técnicos do órgão encontraram sinais de curto circuito geral, fios cortados, disjuntores arrancados, furto de fios e tampas das caixas de passagem quebradas.

A ação dos vândalos preocupa a Semsur, tendo em vista que, além do prejuízo financeiro aos cofres públicos e ao contribuinte, o local fica às escuras, comprometendo a segurança dos frequentadores e moradores.

"Locais escuros ou mal iluminados favorecem a criminalidade. Estamos trabalhando para evitar que isso aconteça, mas também precisamos do apoio da população", falou Irapoã Nóbrega, secretário da Semsur, em apelo para que a população denuncie e informe à Policia Militar ou à Guarda Municipal os casos de vandalismo.


G1 RN

1 visualização0 comentário
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • 124034