DEPOIS DE MAIS DE 790 ANOS, A ESTRELA DE BELÉM VOLTA A BRILHAR NOS CÉUS EM 2020

A Estrela de Natal (ou Estrela de Belém) já foi alvo de muita especulações e teorias. A última vez que Júpiter e Saturno estiveram assim tão próximos foi em 1226.

Mas o que a aproximação de Júpiter e Saturno tem a ver com isso?... Bem, na verdade nós teremos uma "estrela" muito brilhante no céu a partir do dia 16 de dezembro até o dia de Natal, configurando assim o que não deixa de ser uma "Estrela de Natal".


Mas ao contrário da Famosa "Estrela de Belém", que os cientistas afirmam que foi uma conjunção de Vênus e Júpiter que ocorreu no ano de 3 aC, dessa vez teremos a maior aproximação de Júpiter e Saturno desde de a Idade Média!


Na realidade são exatamente 794 anos desde a última vez que Júpiter e Saturno estiveram tão próximos, no ano de 1226!


E essa aproximação deve acontecer novamente a partir de 16 de dezembro de 2020, quando poderemos ver os planetas Júpiter e Saturno separados por menos do que o diâmetro de uma Lua Cheia.

A conjunção será visível de qualquer parte do mundo, mas quem estiver no hemisfério Sul terá o privilégio de ver esse encontro por mais tempo.


Outra boa notícia é pra quem não costuma (ou não pode) ficar acordado até mais tarde, que também deve conseguir acompanhar esse evento sem problemas, já que tudo deve acontecer a partir das 19h30 do dia 16 de dezembro, quando os planetas estarão um pouco acima do horizonte na direção oeste. Mas lembre-se: o ápice do encontro entre Júpiter e Saturno acontece no dia 21 de dezembro.


Vale lembrar ainda que essa configuração não difere muito em outras regiões do país, que poderão usar essa mesma data e horário como base.


O melhor momento para contemplar esse encontro raríssimo será às 20h, quando Júpiter e Saturno estarão se aproximando do horizonte. Por volta das 21h, eles já terão desaparecido, e estarão abaixo do horizonte oeste.


Nos dias seguintes eles estarão cada vez mais perto do horizonte, sumindo cada vez mais cedo, o que deve dificultar um pouco a observação pra quem mora em grandes cidades com muita poluição luminosa e química.


Já no dia 25 não poderemos mais ver a conjunção às 20h30, pois eles estarão visíveis apenas entre às 19h e 20h.


Se você tiver um telescópio, provavelmente conseguirá observar as luas galileanas de Júpiter e os belíssimos anéis de Saturno praticamente em um único "pacote de Natal".


Para identificar Júpiter e Saturno será bem fácil: no dia 16, eles estarão bem juntinhos à direita superior da Lua. No dia 17 de dezembro, eles estarão abaixo da Lua. Não tem como errar!

Mesmo assim, se você tiver alguma dúvida pode usar algum aplicativo de astronomia, ou conforme já foi mostrado em alguns vídeos no canal do Youtube.


Galeria de Meteorito

1 visualização0 comentário
  • Instagram
  • Blogger ícone social
  • Snapchat ícone social
  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • YouTube Long Shadow