DEVIDO O CASO DA SUPERLOTAÇÃO EM ÔNIBUS DO IFRN, SECRETÁRIO FAZ REUNIÃO COM ALUNOS.

O Secretário de Educação de Guamaré Roberto Aguiar convocou na ultima quinta feira (24) de outubro uma reunião com os estudantes do IFRN, e demais alunos que fazem o Encceja e cursos particulares na cidade de Macau e que utilizam o ônibus escolar da rede pública de Guamaré.

O motivo da reunião foi devido a repercussão da matéria exibida no Site de Noticias 'De Olho na Cidade'. onde registrou na noite de quarta feira (16) de outubro uma superlotação e "uma noite de estresse e conflitos entre estudantes e caronistas no ônibus escolar da rede pública de Guamaré."


Segundo o estudante Alefe Aguiar que representou juntamente com a estudante Natânia Gomes os alunos do Encceja, só do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) são mais de 20 alunos que assistem as aulas em Macau. Além dos alunos da UNINTA - Centro Universitário INTA - Macau, e da FANEX - Rede de Ensino, onde tem a maior a quantidade de alunos. A Fanex é uma Escola Técnica voltada ao desenvolvimento profissional e à formação de mão de obra especializada para o mercado de trabalho, a mesma possui como mantenedora a empresa Fanex.


Durante a reunião os alunos apresentaram algumas sugestões ao secretário, e diante das ideias sugeridas os mesmos ficaram na expectativa de que melhore ou amenize a realidade dos estudantes.

"Na minha opinião o que deveria ser feito, era fomentar a possibilidade de instalação de bancas no próprio município, onde poderiam incentivar a matricula dos alunos e assim os mesmos concluiriam a etapa do ensino aqui mesmo em Guamaré" disse a estudante Natânia Gomes.


"São dezenas de jovens Guamareenses que diariamente saem em busca de estudar em outras repartições escolares de um outro município. Quando na verdade existe a possibilidade dos mesmos concluírem seus estudos dentro da própria cidade". disse Roberto Aguiar


"Inclusive Guamaré tem estrutura suficiente para suportar os estudantes que procuram matricular-se em um outro município" continuou o secretário.


Segundo o secretário de educação o ônibus escolar que transporta os alunos para Macau é uma prioridade aos estudantes do IFRN, porém as pessoas ao ficarem sabendo da existência do mesmo, todos querem uma vaga, e daí surge a confusão. Quase todos os dias mais pessoas se matriculam e procuram a secretaria de educação para reservarem uma vaga no ônibus.


Roberto afirmou que fará contato com os responsáveis da Diretoria Regional de Educação e Desporto (DIRED), e com as demais instituições para tentar da melhor forma trazer os cursos e a banca para o município de Guamaré, porém se houver dificuldades ele partirá para um segundo plano que seria fazer uma especie de cadastramento de todos os estudantes, que realmente estivessem cursando o ensino. os mesmos ganhariam uma carteira de identificação e através disso com certeza evitaria o transporte dos caronistas.