FAMÍLIA NÃO TINHA COSTUME DE FREQUENTAR PRAIA ONDE FALÉSIA DESABOU EM PIPA, DIZ IRMÃO

Por Ayrton Freire e Igor Jácome, Inter TV Cabugi e G1 RN


Mateus Souza conta que Stela, Hugo e Sol viviam melhor fase de suas vidas. Família morreu na terça-feira (17), em um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte.

Hugo Pereira, Stela Souza e o pequeno Sol, de 7 meses, não passavam uma folga sem aproveitar o mar, a areia e o sol. Apesar disso, os três não tinham costume de frequentar a praia do Centro, em Pipa - um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte - onde uma falésia desabou e matou a família de forma trágica, na última terça-feira (17). Isso é o que conta o publicitário Mateus Souza, de 26 anos, irmão de Stela.


"A filosofia de vida deles era essa: a natureza, mar, plantas, sentir a areia, sentir o vento. Então, toda vez que Hugo tinha folga, geralmente nas segundas, nas terças-feiras, eles iam à praia. Sempre. Não tinha uma folga que eles não fossem para a praia", afirmou em entrevista à Inter TV Cabugi. "Mas eles não iam para essa parte da praia. Eles sempre iam para praia do Amor, para a praia das Minas, nunca iam (para a praia do Centro)", acrescentou.

8 visualizações
  • Instagram
  • Blogger ícone social
  • Snapchat ícone social
  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow
  • YouTube Long Shadow