"SE ADRIANO VAI RESPONDER UM PROCESSO, O CANDIDATO DE GUSTAVO VAI RESPONDER DOIS", DIZ EDINOR.

Redação: Gerson Almeida

Na ultima terça feira (1) de outubro foi comemorado o 'Dia do Vereador', esta data é comemorada anualmente no Brasil e homenageia o cargo politico do representante de um município. O número de vereadores chega a 56.810 que atuam em 5.568 Câmaras Municipais. O vereador é considerado a base da democracia, afinal de contas é na porta do vereador que diariamente as pessoas costumam bater primeiramente. E foi com esse contexto que o Vereador Edinor Albuquerque iniciou seu discurso na tribuna durante a sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de Guamaré.


Devido a performance do Vereador Gustavo Santiago ao se pronunciar na tribuna previamente, o vereador Edinor já iniciou sua fala enfatizando as palavras do parlamentar, quando o mesmo tinha questionado a empresa 'JMT SERVICE' e a situação da qualidade da água potável que está sendo abastecido em Guamaré e no distrito de Baixa do Meio.

"O vereador Gustavo Henrique se supera a cada dia, se não bastasse ele pedir para tirar os empregos da 'JMT', agora ele quer distribuir água salgada da maré para o povo do município" disse ele.


Edinor continuou sua fala dizendo que não iria se aprofundar no assunto porque não queria ser levado pela provocação do vereador Gustavo, porque seria uma forma de distorcer a real situação do foco ao qual ele determinou discutir naquela sessão, ou seja, Edinor foi com o foco de mostrar projetos e desenvolvimento do governo atual.


"Mas veja só quantos vereadores estão preocupado com a situação em Guamaré, uns com água, outros com Restaurante Madero, que ta empregando quase 75 jovens do município, e para o desespero de algumas pessoas, esses jovens saíram daqui e já estão com a carteira assinada, já receberam os primeiros 500 reais na sua conta" disse Edinor.

Edinor comentou que faz parte de um grupo do WhatsApp onde os jovens que viajaram para Curitiba no estado do Paraná para trabalharem no Restaurante Madero estão na verdade felizes pela oportunidade que tiveram de conseguir este emprego. Afinal, essa questão de empregabilidade, essa falta de emprego, na realidade não se trata somente do município de Guamaré, pois são 14 milhões de desempregados em todo Brasil.


O vereador também citou a importância e a eficiência do projeto 'Prefeitura Nas Comunidades' que vem revolucionando a forma de administrar no município. O projeto já passou pelas comunidades de Lagoa Seca, Santa Maria III, Lagoa Doce, Mangue seco I e Mangue Seco II, Umarizeiro e recentemente Assentamento Lagoa de Baixo, onde a população tem a oportunidade de se aproximar de todos os secretário, inclusive durante o evento as pessoas participam de uma mesa de conversas e discutem as melhorias e a qualidade de vida que precisam ter em suas comunidades, inclusive tem diversas situações em que a comunidade já é atendida antes mesmo do projeto se instalar.


Nesta ultima instalação do projeto 'Prefeitura Nas Comunidades' realizado no Assentamento Lagoa de Baixo foi discutido uma importante reivindicação, que é a retomada das cooperativas dos produtores rurais, o assunto já tinha sido debatido nas comunidades de Santa Maria III e Lagoa Doce.


"O município quer comprar a produção desses agricultores, para colocar na merenda escolar, no consumo dos hospitais e da UPA" disse Edinor


A cooperativa tem a finalidade muito diferente da de uma empresa. Enquanto um negócio tradicional visa fortemente o lucro, a cooperativa agropecuária tem como função aumentar a exposição do produtor rural e também de ajudar o grupo a se sair melhor no mercado.


Edinor ainda falou sobre a instabilidade politica que assola o nosso município e afirmou em sua fala que se o atual candidato Adriano Diógenes está respondendo 'um processo' por compra de votos, o candidato do vereador Gustava Santiago também está respondendo processos, e são 'dois processos', um deles também é por compra de votos.

"Mas se saiu algum processo de cassação, uma denuncia, ou uma sentença contra o Prefeito Adriano Diógenes, pode aguardar vereador Gustavo, porque o seu candidato tem duas demandas (Dois processos) contra ele, e com certeza aquela foto, aquela filmagem tão bonita, uma fila de carro no posto de Gasolina de Baixa do Meio e ele mesmo distribuindo combustível, pagando com o cartão da empresa, com certeza eu conheço a justiça e com certeza a sentença dele também vai ser pela cassação" disse Edinor.


"E ele vai ficar inelegível porque não tem mandato e vai ficar inelegível por 8 anos" continuou Edinor.


O vereador ainda citou a pauta da vereadora Eliane Guedes, onde ela relata a existência da Lei sobre eleições de diretores em escolas municipais, e colocou em destaque as palavras do vereador Gustavo, quando o mesmo tinha afirmado em seu discurso que o vereador Edinor tinha alterado o resultado e colocado uma pessoa de sua indicação para o cargo de diretor.


"Gustavo disse que eu tinha mudado o sistema para indicar uma pessoa na escola Maria Madalena, e eu queria fazer um desafio, o desafio é para quem fez o projeto de lei que na verdade, se a eleição é democrática todos tem o direito de participar, esse projeto de lei está sobre minha custódia porque eu estou avaliando todas as possibilidades. Porque eu não entendo como é gestão democrática, assim como é na escola Maria Madalena com mais de 150 funcionários, só 4 funcionários podem ser candidato a diretor" disse ele.


"Eles fecham de uma forma que não dá possibilidade de ter democracia nas escolas. E o desafio é de encontrar uma forma em que todos possam participar, e não pode ter restrição para ninguém. E eu me comprometo já para trazer essas modificações e já colocar para votar na próxima sessão, porque aqui é parlamento e parlamentar ganha é quem tem voto, quem não tem voto, tem que fazer barulho e aceitar a vitória do outro lado" Finalizou Edinor Albuquerque.

0 visualização